Jully Barbosa facilita Grupo Recomeçar

A convite do Previda, plano assistencial funerário, facilitei o Grupo Recomeçar para dar apoio aos enlutados assistidos pelo Plano.

Segue matéria veiculada no site do Previda:

O encontro mais recente do Recomeçar aconteceu no dia 28 de agosto de 2017 e foi conduzido pela psicóloga Jully Barbosa. A psicóloga, que é especialista em luto, provocou uma reflexão sobre este processo e como é diferenciado de pessoa para pessoa.

E para favorecer a acolhida ouviu atentamente os participantes e pediu para que expressassem suas dores, alegrias e incertezas, utilizando para tal atividade uma técnica vivencial sobre as expressões dos sentimentos.

Esta oportunidade de compartilhar os sentimentos permitiu o aflorar das emoções, onde cada participante foi auxiliando o outro na explanação de cada história e no processo da acolhida.

Para evidenciar o quanto o processo do luto é singular, a psicóloga conduziu uma dinâmica a construção do seu pote de sal, onde cada participante tinha acesso as seguintes cores: amarelo, azul, branco, preto, rosa e verde. E a base para esta atividade é o sal. Os materiais utilizados foram: giz nas cores amarelo, azul, rosa e verde, facas descartáveis, pó de café, copos descartáveis, papéis A4 e potes pequenos transparentes. Cada pessoa escolheu as cores significativas para o atual momento e misturaram a raspagem das cores do giz com o sal e, posteriormente, colocaram no pote transparente. Após a conclusão ficou notório que cada pote era diferente do outro. Em alguns prevaleciam o preto e em outros as múltiplas cores já estavam em conexão.

E esta atividade proporcionou aos presentes a lida da carta de uma participante que fora escrita para o seu esposo (In Memorian) onde ela apontou o aspecto de cada cor na sua forma de lidar o processo do luto.

A atividade mostrou que o luto é diferenciado e não existe uma receita ou etapas que devem ser seguidas obrigatoriamente. Por isso, que o luto é singular e individual.